LONDRES E TORONTO: quais as diferenças? (parte 1)

Tempo de leitura: 3 minutos

Oi!

Outro dia postei uma foto no Instagram (@blogdabru) em Londres e uma das meninas que me seguem me pediu para escrever um post sobre as diferenças entre os dois lugares. Em primeiro lugar, acho muito complicado falar sobre isso, porque é puramente a minha opinião. As minhas duas viagens, ambas com a duração de 30 dias, se passaram em épocas diferentes da minha vida.

Em Londres, eu estava terminando a faculdade de Jornalismo. Ainda morava em Campinas, estava escrevendo meu TCC, não sabia o que ia fazer da vida direito, não estagiava (aliás, sai de um estágio para poder ir viajar). Eu estava em uma fase de transição. Tinha muita insegurança, como também tenho hoje, mas na época estava tão ‘perdida’ com o que aconteceria após o término da faculdade, que só queria curtir minha viagem. Ah! E eu era solteira! Não havia ninguém no Brasil me esperando. Estava a fim de curtir e fiz isso do começo ao fim da viagem.

Em Toronto, em agosto deste ano, já era outra história. Eu estava namorando havia 7 meses mais ou menos. Já havia me formado, estava trabalhando em minha própria empresa (que abri no final de 2016), estava morando com meus pais e apesar de não ter certeza sobre o futuro, estava começando a trilhar um novo caminho.

Apesar das diferenças, algo em mim era o mesmo: a vontade de mudança. Tanto em Londres, quanto em Toronto, eu estava precisando muito sair daqui e passar um tempo fora. Tudo estava muito igual, sufocante… Talvez isso seja um mal da minha geração. Essa necessidade de precisar mudar e fazer coisas diferentes a todo momento. Essa impaciência, essa pressa. É torturante.

Voltando ao assunto…

Eu era a mesma Bruna na essência, mas em situações diferentes, portanto as impressões também foram diferentes. E, antes que venham me criticar pelo que eu disser de Toronto, tudo isso é uma visão muito pessoal. Você pode ter ido e ter achado o melhor lugar do mundo, mas foram essas as minhas experiências, que são totalmente direcionadas por minha essência, meus princípios, minha história, minha concepção de mundo… Não quero deixar ninguém magoado!

(Acho que este post vai ficar meio longo se eu for falar todas aqui, então vou tentar dividir um pouco para não cansar). Acho que a primeira diferença que senti entre as duas cidades foi a própria cidade. Digo, a estrutura de cada uma. Ambas são enormes e maravilhosas, não me entendam mal. Mas estão em continentes diferentes e possuem culturas diferentes, óbvio. Londres é majestosa. Suas casas, seus prédios, seus monumentos enchem os olhos de quem sempre viveu em uma cidade do interior (mesmo que em uma cidade grande). Toronto, por sua vez, me encheu os olhos sim, mas me recordou muito de São Paulo. Londres é uma cidade de mais de 2000 anos de existência e Toronto ainda é uma criança, com menos de 300 anos.

Ambas são lindas, porém Londres me tirou do sério. Andar pela cidade era um sonho. Era como se eu estivesse em um cenário de filme.

Lembro de estar no transfer indo para a casa de estudantes que eu me hospedaria e não conseguir parar de olhar pela janela. Queria descer ali mesmo e ir andando até o bairro. Era muito diferente de tudo o que eu já havia visto.

Em Toronto, eu também fiquei impressionada, claro. Mas era mais similar a cidades que eu já havia visitado, um ambiente bem moderno e urbano mesmo.

Confiram algumas imagens que fiz assim que cheguei em Londres:

 

Agora as que foram tiradas quando cheguei em Toronto:

Bjs bjs,

Bru