Musa fitness aos nove?

Tempo de leitura: 3 minutos

Gostaria de dizer antes de mais nada que fui uma criança feliz. Sempre corri de um lado para o outro, ingeri muitos quilos de Danoninho de morango, fiz muito balé, muita natação e comi muito brigadeiro e doce de leite. Também, não posso deixar de lembrar com muito carinho dos tempos em que meu avô trazia suflair (o chocolate furadinho que eu amava), quando ia me visitar. Tenho lembranças maravilhosas da gaveta de madeira escura que minha avó paterna escondia meu chocolate branco (que nunca mais teve o mesmo sabor depois que cresci) e de ir diretamente até ela quando eu ia passar a tarde lá. Me recordo especialmente de todos aqueles pacotes de miojo da Turma da Mônica sabor galinha que degustei com uma generosa camada de queijo parmesão ralado. E também me lembro a empolgação que eu e meus primos sentíamos quando meu avô Osvaldo nos buscava na escola com um cachorrão prensado nos esperando dentro de seu carro bagunçado. 
Por que não me lembro de ter a saúde afetada por esses hábitos? Porque nunca fui afetada! Se querem honestidade total, tive uma pequena anemia na infância que resolvemos com alguns pratos de feijão. Talvez porque eu não comesse só porcaria, mas porque eu fazia muito esporte e amava brincar no parquinho do prédio em que eu morava. Eu era uma criança muito agitada!
Infelizmente, tive uma surpresa quando li a respeito da pequena musa fitness de nove anos e fiquei enlouquecida! Achei injusto os pais permitirem esse tipo de infância restrita de doces, cheias de preocupação com o peso e com a beleza em geral. Tentei ser um pouco compreensiva e talvez achar bons motivos para os pais da menina permitirem todo esse comportamento bitolado em alguém que talvez nem saiba o que está fazendo direito. Fico me questionando se todo esse treinamento que a menina faz não prejudicaria sua saúde física e mental, no futuro. Discutindo esse assunto com meus pais, chegamos à conclusão que o problema não está tanto na musculação, que é feita duas vezes por semana com exercícios funcionais e pesinhos de um quilo, mas sim no Instagram criado pela própria criança. Mesmo com o acompanhamento da mãe, o fato de ter muitos seguidores, de querer postar fotos lindas, com o abdômen perfeito, faz com que a criança vá aos poucos entrando na paranoia que não deveria existir em sua cabeça! Mamães  e papais de plantão, o que vocês acham disso?
Lamentações à parte… Queria dizer que sou a favor da INFÂNCIA, daquela pura e ingênua, daquela que podemos brincar mil horas seguidas sem enjoar, daquela com as horas de lazer, hora da lição de casa, hora de ver desenhos, de chamar os vizinhos para brincar, de fazer arte e ficar de castigo logo em seguida, de fazer cabaninha, de ir para o balé dançar e sonhar com a sapatilha de ponta. 
Sou a favor dos pais cuidarem sim da alimentação da criança, mas não de permitir que essa bitolação tome conta dela. Ficam as perguntas: o que será que vai ser de uma criança que se autodenomina musinha fitness aos nove anos??? Que exemplo ela está dando para as crianças que tem acesso ao Instagram? Será que não cabe aos pais frear alguns desejos antecipados de seus filhos? Até que ponto a prática de exercício é saudável para as crianças?
Não sei todas as respostas, mas esse tipo de comportamento não apareceu em nenhum momento da minha vida e nem da vida de meus amigos e amigas. E posso garantir: tivemos uma infância perfeitamente feliz. 
  • Como mãe, assino embaixo do seu texto! Incrível!
    Também tive uma infância maravilhosa. 🙂

  • Eu vi uma reportagem com os pais daquela menina que criou essa polêmica, o pai dela que é personal Trainer disse que são exercícios leves próprios para crianças…mas para mim tudo tem um limite neh, imagina como essa criança vai crescer #supervaidosa com o corpo neh…uma pena.

  • Na minha opinião, é triste!
    Sou contra também criança ter acesso à internet e celular, tablet e qualquer eletrônico portátil. A gente já tem a vida inteira para se conectar com o mundo, a infância deveria ser preservada disso.
    Ainda não entendo como o uso de um celular muda positivamente a vida de uma criança.

  • Concordo plenamente com você. Ótimo texto!!

  • Obrigada, Lii!!! Então er @annaclaramansur_fitness, mas não dá para achar mais esse perfil no Insta. Agora tem alguns outros que me parecem fakes… Pelo que eu andei lendo, o Instagram bloqueou a conta… Vai entender! Mas deve ter sido melhor assim, é muita exposição pra uma criança de 9 anos! Bjbjbj

  • Gabriela Lima

    Ta escrevendo muito bru!!! parabéns amiga.. agora me passa esse perfil aiii ahahaha quero ver