O Natal do outro começa em você

Tempo de leitura: 2 minutos

Essa época do ano me fascina. Luzes, presentes, fé renovada, família reunida, comida boa… Ao meu ver, não há clima melhor que o natalino. As pessoas parecem transbordar esperança pelo que está por vir, parecem transbordar amor aos que estão por perto e carregam um brilho nos olhos, lindo de se ver. A família começa a planejar cada detalhe da ceia e corre atrás dos presentes das pessoas mais especiais. Afinal, depois de mais um ano compartilhando a vida conosco, elas merecem serem lembradas do quão importantes são para nós.

Mas já pararam para pensar em quantas pessoas se sentem tristes nessa época do ano? Quantas delas associam o Natal à solidão e à tristeza? Muitas passam o dia 25 sentindo falta da família que está distante, outras não tem condições de presentear nem de serem presenteadas – e não que objetos de valor tenham tanta importância na vida, mas acreditem, no Natal, eles carregam muito mais que apenas o valor que custaram. Presentear no Natal é como transmitir amor, seja com um brinquedo, uma carta, uma pequena lembrança, uma fotografia, uma mensagem de texto e por aí vai. É por isso que não meço esforços em transmitir o meu amor pelas pessoas mais especiais da minha vida.

E se eu disser que você tem o poder de mudar isso e transformar o Natal de uma pessoa num dia para ser lembrado pelo resto da vida? E se eu disser que ambas se sentirão muito melhores depois disso? Nessa época, diversas ONGs, lar de idosos e de crianças arrecadam dinheiro ou sugerem que nós ‘’apadrinhemos’’ um deles para presentear no Natal; alguns pedem itens básicos de limpeza e alimentação, outros brinquedos para que as crianças recebam a tão esperada ‘’visita do Papai Noel’’ e também conheço lugares que pedem ‘’kits’’, com pijama, livros, roupas novas, maquiagem, etc. Tudo depende do estilo do lugar, e na maioria das cidades, por menores que sejam, isso ocorre todo ano.

Já imaginou que INCRÍVEL poder transformar a vida de alguém de alguma forma? Seja o presente inesperado, o único abraço recebido, o ”Feliz Natal” mais especial, a visita surpresa. Seja o Natal incrível que o outro espera há muito tempo, mas já perdeu as esperanças de ter.

O Natal tem esse poder e você também. Não o desperdice.

Júlia Groppo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *