Tem como deletar?

Tempo de leitura: 2 minutos

Destruidora de lares não é aquela pessoa bonita que vive curtindo as fotos no Facebook de quem você ama, não! Quem destrói o lar, o relacionamento, um amor, uma amizade é aquilo que se cultiva dentro da cabeça e que não tem fundamento algum. É aquele ciúme exagerado, fora do normal que corrói por dentro e acaba com qualquer bom humor. É isso que deixa um casal com sentimento abalado.
A gente se esqueceu de amar de verdade. Se esqueceu de deixar o celular, a internet e a possessividade de lado e realmente enxergar quem anda ao nosso lado, quem deita na cama pra ver filme e faz carinho, quem escuta nosso blá blá blá diário sem cobrar nada. Mas ficamos cegos se o assunto é apontar o dedo na cara da outra pessoa e dizer o quanto ela é idiota por ter olhado pro lado, por ter respondido alguém com algumas exclamações a mais, por ter sido educado com um amigo (a). E qual é o tempo investido no elogio? Cadê os minutos separados pra dizer o quanto você admira quem corre junto e enfrenta tudo? Tá tudo errado, invertido, quebrado, jogado no baú do lado da cama! O amor entrou em extinção!
Corriqueiro mesmo é encher a cabeça de tranqueira, falar besteira, dar patada, ficar de bico. Quantas vezes já não caí nessa armadilha sem noção?! Deixamos pra depois um “eu te amo”, mas um “por que você estava online a essa hora” não pode ficar pra depois. Definitivamente. Onde já se viu?!
Gente besta. Eu também já fui besta. Posso cometer esse erro de novo. Infelizmente é nosso mal, que vai sempre estar ali, espiando, esperando a gente vacilar, baixar a guarda.
Hoje em dia é assim: perdemos amores, mas não perdemos mensagens ou a oportunidade de tirar satisfação. Falamos, quando deveríamos abraçar. Tá tudo errado! Alguém viu o amor por aí? Tem como deletar o ciúmes, a ignorância? Tem como já aprender isso desde que nasce? Cadê a lei que proíbe o ciúmes?
Que a gente saiba, de uma vez por todas, a hora de parar! 
Já chega de perder tempo com coisa que não presta. 
 
O amor é urgente; tá agonizando, perdido por aí! Tá procurando os verdadeiros gênios, que, ao contrário do que a gente acha, são os que sabem amar de verdade. Agora deixa o celular de lado. Joga o ciúmes no lixo, de onde ele nunca deveria ter saído! Dá um beijo em quem te ama. Manda uma mensagem de incentivo. Seja homem ou mulher, não importa! <3
Por Bruna Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *